Você sabe o que é DeFi?


No mundo cripto, é muito comum nos depararmos com este termo, então hoje vamos explicar o que ele significa para você não ter mais dúvidas.


Quando falamos em DeFi estamos falando sobre Finanças Descentralizadas, é uma tecnologia que veio para ser uma alternativa aos serviços financeiros tradicionais, já que esses serviços financeiros por terem diversos intermediários faz com que sejam caros e muitas vezes inacessíveis.

 

Para entendermos as vantagens do DeFi, precisamos saber as desvantagens dos sistemas financeiros tradicionais que estamos acostumados a utilizar. Praticamente todas as transações financeiras envolvem intermediários, como quando utilizamos um cartão de crédito, os adquirentes e bancos fazem parte dos envolvidos das negociações que acontecem com ele. E, obviamente, cada parte envolvida precisa obter o seu lucro, seja com juros, anuidade do cartão ou outras maneiras.

 

Logo, esta transação acaba ficando cara, por ter vários intermediários ganhando em cima da sua movimentação. Assim como também acontece com empréstimos bancários, financiamentos, transações bancárias, tudo é cobrado juros fazendo com que paguemos muito a mais do que estamos realmente utilizando.

 

São estes tipos de "problemas" que os provedores de DeFi pensaram em "resolver" quando criaram o DeFi, bem como trazem produtos totalmente novos também. Muitos acreditam que o DeFi é uma base para o mercado de previsões, onde ele anuncia o futuro dos serviços financeiros, fazendo com que grandes apostas em start-ups DeFi aconteçam.


Basicamente, o DeFi é fundamentado no conceito de que o sistema financeiro não deve ser controlado por terceiros monopolistas, pois devem ser descentralizados, aumentando, dessa forma, a capacidade e rapidez do mundo financeiro.

 

Atualmente o DeFi está sendo utilizado para diversas funcionalidades, algumas delas são: Empréstimos; Serviços Bancários Monetários; e Mercados Descentralizados, como as Exchanges Dex (exchanges descentralizadas).